TRANSLATE THIS SITE

Pessoas que me motivam

13 de jan de 2016

SEMANA DE CONSULTAS MÉDICAS E MUITAS MUDANÇAS

Desde que vários nódulos foram detectados na minha tireóide em 2011, eu faço exames anuais (USG e sangue). Meu endocrinologista já deixa o pedido comigo no ano anterior, aí eu faço em dezembro e os levo em janeiro. Meus exames sempre estiveram 100% bem, então dessa vez eu até estava com preguiça de ir à consulta. Hoje fui vê-lo e a surpresa foi o HIPOTIREOIDISMO, mesmo não sendo diabética.
A princípio fiquei assustada, mas meu médico me tranquilizou, explicando como isso acontece, os sintomas e o tratamento. No meu caso, há um ano atrás meus hormônios T3 e T4 estavam trabalhando direitinho. Então o que aconteceu nesse período? 
Meu médico disse que, no meu caso, esse ganho de peso e parada da musculação (para trabalhar em 2 períodos), aumento do sedentarismo, apesar de ter continuado pedalando (o pedal não é regrado, pois quando chove não pedalo, os percursos e graus de dificuldade variam) e eu mantive hábitos alimentares (comi a mais) de quando estava em plena atividade física em 2015. Essa quebra no equilíbrio que eu havia encontrado desde que emagreci, há 4 anos, mais a minha idade, provocaram essa "pane" nas glândulas T3 e T4. Essa foi a explicação que meu médico deu.

Ele também me fez algumas perguntas:

  • Você começou a ganhar peso e não conseguia mais emagrecer? Sim.
  • Você tem sentido cansaço, sono, moleza desde para fazer atividade física até para assistir televisão? Sim. Inclusive não consigo ler mais que 2 págs de um livro porque caio no sono.
  • Quando você pedala você sente muita fadiga, palpitações e falta de ar? Sim, inclusive as pernas tremem se eu paro no meio de uma subida.
  • Você tem se sentido meio deprimida, sem vontade de fazer coisas, emotiva, os dias andam cinzentos? Simmmmmm.

Segundo meu médico, isso  tudo é sinal de hipotireoidismo.

A boa notícia é que há remédio e já estou tomando. Daqui a 1 mês eu faço mais exames e volto para ele ver se a dosagem precisa de ajuste ou não. Até a dosagem ser ajustada, vou sentir pouco resultado, mas assim que ele acertar isso, tudo vai melhorar.

As más notícias são que o hipotireoidismo engorda!!! Portanto, eu preciso focar na alimentação e fazer atividade física com regularidade. Também provavelmente terei que tomar o hormônio para o resto da vida.

Já fiquei pesquisando e lendo sobre isso. A maior parte do que eu encontrei fala sobre hipotireoidismo nas pessoas diabéticas, o que não é meu caso. Falando nisso, encontrei outra boa notícia: não sou diabética, apesar de ser neta, filha e sobrinha de vários portadores de diabetes.

"Tireoide em pane

Essa glândula, localizada no pescoço, produz dois hormônios (T3 e T4) que regulam o organismo - dos batimentos do coração ao trabalho do intestino, o raciocínio e a força muscular. Outra glândula, a hipófise, que fica na base do cérebro, secreta o TSH, que estimula a tireoide a fabricar T3 e T4. Quando ela produz esses hormônios em quantidade insuficiente, ocorre o hipotireoidismo, que deixa o corpo inteiro mais lento, inclusive o metabolismo - daí a dificuldade para emagrecer. "A doença também está relacionada à retenção de sal e água, que levam ao famoso inchaço", observa a endocrinologista Carolina Mantelli Borges, de São Paulo. "A mulher com hipotireoidismo ganha, em média, de 3 a 5 quilos em um ano."

Na segunda-feira fui a uma consulta no ortopedista, pois tenho sentido dores nos joelhos, nas costas e nos ombros. Ele me lembrou que eu tenho artrose grau III nos joelhos e outras na cervical (C3 a C7), portanto preciso ficar forte para segurar essas lesões. Agora vou começar a fazer fisioterapia e em fevereiro vou voltar à musculação. Quanto ao ciclismo, vou ter que parar de ir com os grupos porque não posso por carga alguma nos joelhos até conseguir parar a dor. No entanto, não vou parar, pois ele me recomendou pedalar girando na marcha leve.

Conclusão da semana: eu não devia ter parado a musculação. A grana que eu ganhei de maio até dezembro trabalhando no período da tarde não me deixou mais rica e o resultado dessa mudança só prejudicou a minha saúde.

Agora vou continuar a seguir o programa dos VP, vou fazer tudo o que os médicos estão mandando e aguardar os resultados. EU VOU EMAGRECER!

Nada melhor que eu mesma (foto de 2013) para motivação 
Cada problema tem solução. Todas as experiências são oportunidades para que eu aprenda e cresça. Eu estou segura.
Louise Hay


3 comentários:

Nélia Ruivo disse...

Nossa Solange o hipotireoidismo é sério. Como você é agitada eu pensava que o mais certo era que você pudesse ter hipertireoidismo e não o contrario. Preciso fazer meus exames. Quem é seu médico ?

Nélia Ruivo disse...

Nossa Solange o hipotireoidismo é sério. Como você é agitada eu pensava que o mais certo era que você pudesse ter hipertireoidismo e não o contrario. Preciso fazer meus exames. Quem é seu médico ?

Socrates Suplementos disse...

Nossa menina, eu também descobri que tenho hipo, foi um baque bem ruim viu.
Sempre fui atleta, praticava esporte 4x por semana, muitos exercícios desde criança, karatê, natação, basquete, muai thai, futebol, volei... fazia tudo mesmo. Depois dos 26 o trabalho apertou, a vida morando sozinho dificultou tudo e o sedenteriarismo bateu, engordei que só uma boi capado, uns 25kg em 4 anos. Todos estranhando, fui ao médico e booom, hipo.
Estou tratando a 2 anos e até hj não conseguimos regularizar minha tireóide, acredita? Comecei tomando 50mg do remédio, depois 100, depois 200 e agora estou em 250mg.
Perdi peso (10kg dos 25), estou me sentindo mais disposto, voltei com os esportes, diminui o trabalho e estou cuidando mais de mim mesmo.
Fiz uma página onde coloco muitas dicas, exercícios, alimentos e muito mais para até me ajudar também a não sair da linha, confere lá depois e boa sorte pra você, vc vai conseguir voltar e até melhorar essa foto de 2013.

MANUTENÇÃO DO PESO

META ATINGIDA EM 70 SEMANAS (25/02/2011, MEU NÍVER DE 48 ANOS) = 343G/SEMANA

POSTS MAIS POPULARES