TRANSLATE THIS SITE

Pessoas que me motivam

4 de jul de 2012

ESTÍMULO DOS PAIS É FUNDAMENTAL PARA AJUDAR FILHOS A EMAGECER

Estímulo dos pais é fundamental para ajudar filhos a emagrecer

Incentivo acontece no cuidado com alimentação e prática conjunta de exercícios

Por Luciana Kotaka
A comida desde o inicio da vida é um aspecto fundamental para sobrevivência humana. Tão logo o neném nasce, já o colocamos para mamar, dando início ao ciclo de manutenção de vida.
Muitas vezes, no meio do caminho da função de mãe, enfrentamos dificuldades com os choros dos bebês, e utilizamos o leite como forma de conforto, para que parem de chorar. Assim, a comida acaba tendo conotação de conforto, tranquilidade, e muitas vezes na infância e vida adulta repetimos esse ato para nos acalmar.
A questão é que comer dá prazer, e para a criança que gosta de comer muito, acaba sendo um aspecto difícil de ser controlado. Com a chegada da tecnologia, ficou ainda mais difícil manter o peso, já que as crianças acabam optando pelo vídeo game, computador, televisão, que são atividades onde se fica parado, e não se exercitam.
Praticar atividades físicas de 4 a 7 horas por semana pode prevenir o sobrepeso e o risco de obesidade e síndrome metabólica em crianças.
Praticar atividades físicas de 4 a 7 horas por semana, na escola e fora dela, pode prevenir o sobrepeso e o risco de obesidade e síndrome metabólica em crianças, mesmo com dieta incorreta. Essa foi a conclusão do estudo espanhol apresentado no 30º Congresso Mundial de Medicina do Esporte.
Algumas atitudes dos pais podem colaborar para que a saúde e peso do filho possam ser preservados: – Escolher alimentos saudáveis para se ter em casa, em vez de salgadinhos e guloseimas a vontade.
- Não proibir e nem esconder as guloseimas. Nem sempre o caminho mais fácil é o mais efetivo. Ao esconder bolos, chocolates e biscoitos no alto do armário, essa proibição é capaz de aumentar o desejo da criança pela guloseima, causando efeito contrário. Se um produto deve ser evitado, o ideal é não tê-lo dentro de casa. Quando tiver, explique para seu filho que o exagero faz mal, e que depois da refeição a sobremesa estará liberada.
- Não utilizar produtos light, mas optar por comidas menos gordurosas e com boa aparência. Existem vários livros com receitas de pratos coloridos, até mesmo com dicas para deixar o prato mais atrativo, ensinando como formar desenhos com legumes, chamando atenção para a criança comê-los.
- Sair com o filho para passear com o cachorro é uma forma de fazer exercício, além de ser uma atividade prazerosa.
- Jogar bola, pular corda e andar de bicicleta. É muito importante que os filhos possam ver os pais também se exercitarem, pois eles são os modelos na vida dos pequenos. De nada adianta os pais colocarem os filhos em alguma atividade esportiva se eles não mostrarem que eles também gostam de se exercitar.
- Não ficar falando e controlando de forma excessiva o que o filho come, pois isso pode ter efeito contrário ao esperado. – Procurar auxílio de uma profissional da área de nutrição, que poderá prescrever uma alimentação mais saudável, mas sem excesso de restrições.
- Muitas crianças com excesso de peso apresentam comportamentos de muita ansiedade, e às vezes comem de forma compulsiva. Nesses casos é importante a ajuda do psicólogo, que ajudará a criança a sentir-se mais confiante, segura e com autoestima elevada.

DISPONÍVEL EM: http://www.minhavida.com.br/conteudo/13283-Estimulo-dos-pais-e-fundamental-para-ajudar-filhos-a-emagrecer.htm

Nenhum comentário:

MANUTENÇÃO DO PESO

META ATINGIDA EM 70 SEMANAS (25/02/2011, MEU NÍVER DE 48 ANOS) = 343G/SEMANA

POSTS MAIS POPULARES